Agenda
03 a 30 setembro 09H00m - 18H00m

Exposição | IIIº Concurso de Fotografia - Ilustre Amarantino 2018

Amadeu de Souza-Cardoso
Felgueiras | Biblioteca e Arquivo Municipal de Felgueiras | 3 a 30 de setembro
                                                                                                         28 de setembro| Cerimónia de encerramento |21H00

No âmbito das Jornadas Europeias do Património, estará patente na Biblioteca e Arquivo Municipal de Felgueiras a exposição composta por 18 obras premiadas, resultante da terceira edição do concurso de fotografia Ilustre Amarantino 2018 que teve como tema o pintor Amadeo de Souza-Cardoso, um dos nomes maiores da pintura portuguesa e que serviu de inspiração a todos os participantes, neste concurso de fotografia, no ano de 2018.

A apresentação e encerramento da exposição será no dia 28 de setembro, pelas 21H00, e contará com a presença de Verónica Teixeira Pinto, membro do júri do concurso, com acompanhamento musical pelo trio de cordas do Berço das Artes.

"Amadeo de Souza-Cardoso é a primeira descoberta de Portugal na Europa do século XX" – Almada Negreiros. Tendo sempre como referência o Amadeo de Souza-Cardoso, neste concurso, foram definidos três cenários diferentes:

1. Casa de Manhufe
Amadeo Ferreira de Souza-Cardoso nasceu a 14 de novembro de 1887 em Manhufe, freguesia de Mancelos, concelho de Amarante. Filho de José Emygdio de Souza-Cardoso, grande proprietário local, e de Emília Cândida Ferreira Cardoso.
A Quinta de Manhufe é o local onde teve lugar quase toda a sua curta vida, excetuando os oito anos que passou em Paris, mesmo estes interrompidos por férias vividas em Portugal ou viagens pela Bélgica e Espanha.
Em 1914, declarada a guerra, regressa com a sua jovem esposa, Lúcia, instalando-se em Portugal, na grande Casa de Manhufe. No seu atelier da Casa do Ribeiro, também situado na Quinta de Manhufe, pinta diariamente durante os seus poucos anos de vida.
A fotografia a concurso deverá conter a grande Casa de Manhufe ou parte dela, podendo ser enquadrada na paisagem envolvente.
O primeiro cenário fotografado: Casa de Manhufe.

2. Alameda Teixeira de Pascoaes
É na Alameda Teixeira de Pascoaes que se encontra situado o Museu Amadeo de Souza-Cardoso. Outrora Biblioteca-Museu Municipal, este foi criado em 1947, reunindo o acervo ligado à história local e aos artistas nascidos na cidade. Instalado no Convento Dominicano de São Gonçalo de Amarante, ocupou alguns espaços até à conclusão do moderno projeto de arquitetura de Alcino Soutinho, que reconstituiu dois claustros, desvirtuados pela demolição do corpo que os separava, no século XIX.
A principal vocação do museu é a Arte Portuguesa Moderna e Contemporânea e tem como principal referência o pintor Amadeo de Souza-Cardoso.
Este cenário tem como foco o Museu Amadeo de Souza-Cardoso e a Alameda Teixeira de Pascoaes. A fotografia a concurso deverá conter a Alameda ou parte dela.
O segundo cenário fotografado: Alameda Teixeira de Pascoaes.

3. Criativo
Ficará ao critério de cada participante o local escolhido, tendo sempre como base de inspiração o pintor Amadeo de Souza-Cardoso.
Este terceiro cenário apela à criatividade de cada artista.

O júri do concurso composto por António Pinto (Presidente do júri), Francisco Piqueiro, José Manuel Ribeiro e Verónica Teixeira Pinto atribuiu três prémios e três menções honrosas nesta terceira edição do concurso:

1º Prémio: António José dos Santos Cunha – Chaves
2º Prémio: Alexandre Ferreira Marinho – Amarante
3º Prémio: Abílio Jorge de Sousa Mendes – Amarante

Menção Honrosa: António Alves Tedim – Moreira da Maia
Menção Honrosa: Carlos Elísio Teixeira Vasconcelos Silva – Braga
Menção Honrosa: Maria João Gonçalves – Amarante

Boletim Municipal #11 2017
Cm Felgueiras 2018 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por