Viver

Espaços Culturais

Biblioteca e Arquivo Municipal de Felgueiras

Tendo como base a democratização da sociedade de informação, pretendendo satisfazer as necessidades de todos os interessados.

A Biblioteca Municipal de Felgueiras tem um leque diversificado de serviços e eventos:
Leitura em presença, empréstimo, serviço de audiovisuais, difusão ativa de informação, referência e apoio à pesquisa, acesso à Internet, consulta de CD Roms, animação e promoção da leitura, consulta do arquivo municipal de Felgueiras, informação à comunidade, centro virtual de informação nacional e europeia, atividades culturais diversificadas: encontro com escritores, conferências, teatro, exposições, música...

A Biblioteca Municipal de Felgueiras é uma estrutura que a autarquia apostou e aposta para fomentar a cultura no concelho. Com instalações inauguradas em 1993, conta também com um Pólo em Barrosas, com o objetivo de melhorar os serviços prestados através da criação de um espaço mais amplo e dotado de equipamentos necessários. A Câmara Municipal financiou o proje

to, recorrendo ao apoio do Instituto da Biblioteca Nacional e do Livro e às comparticipações do PRORN e PRONORTE. Em Janeiro de 1996 abriu o Pólo de Idães e em Novembro de 1997 lançou-se a Biblioteca Itinerante, que circula por todas as freguesias e escolas do concelho.

Para além dos habituais espaços, possui um jardim interior e um auditório com capacidade para cerca de 200 pessoas, complementado por um outro, de menores dimensões, localizado ao ar livre no espaço verde circundante.
Este moderno equipamento cultural coloca ao dispor de toda população do concelho vários meios de informação desde livros, revistas, cassetes áudio, e vídeo que procuram cobrir todas as áreas do conhecimento.
A atualização dos fundos documentais é uma prioridade que se procura cumprir respondendo às necessidades de todos os seus utilizadores.
Além de um espaço moderno e funcional, equipamento agradável e atraente, a Biblioteca Municipal de Felgueiras conta com pessoal técnico especializado, uma correta arrumação dos seus fundos documentais e recurso a novas tecnologias para que o acesso aqueles por parte dos seus utilizadores seja uma tarefa fácil.
Pretende-se deste modo desenvolver toda a comunidade desde os mais jovens aos mais idosos promovendo o livro e a leitura.

Cientes que a leitura é um direito Universal necessário para o crescimento do indivíduo e para a sua participação ativa na sociedade, a Biblioteca Municipal de Felgueiras tem em funcionamento uma extensão na Vila de Barrosas o Pólo de Idães com um fundo de cerca de 4000 livros e está disponível o serviço da Biblioteca Itinerante com um fundo de cerca de 3000 livros , a Biblioteca Municipal ainda prevê a curto prazo uma outra extensão na cidade da Lixa.
De uma forma programada têm sido realizadas atividades de animação e sensibilização por esta Biblioteca para a obtenção dos seus objectivos: realização da Hora do Conto para os mais pequenos, circulação pelas escolas do concelho e estabelecimento prisional de malas com fundos bibliográficos adequados aos grupos mencionados, visionamento de filmes de acordo com os diferentes grupos etários, encontros com escritores, exposições sobre os mais variados assuntos assim como de autores locais e nacionais, colóquios, conferências, seminários sobre temas da atualidade e da região.

Turismo de Negócios
Auditório: 188 Lug.

Sala de Exposições

Localização
Avenida Agostinho Ribeiro
4610-102 Felgueiras

Contatos
Telefone: 255-318140
Fax: 255-318177
GPS: 41º22'01.59''N | 8º12'06.02''W
Mail: biblioteca@cm-felgueiras.pt

Responsável: Drª Dulce Freitas

Horário
2ª feira: 13.30 – 19.00
3ª. 4ª e 6ª feira: 9.00-12.30 / 13.30 – 19.00
5ª feira: 10.00-12.30 / 13.30 – 19.00
Sábado: 14.30 – 18.30

Espaços
Sala de adultos
Sala infantil
Audiovisuais
Sala do conto
Auditório

Serviços gratuitos
Empréstimo de livros
Leitura em presença
Visionamento de filmes
Consulta da Internet
Consulta de CD-ROMs
Bibliopaper
Bibliomalas

Outras actividades
Exposições
Encontro com escritores
Conferências
Teatro
Acções de formação

Villa Romana de Sendim

Em 1992, na abertura dos alicerces para a construção de uma moradia, apareceram em Sendim, restos de muros e abundantes vestígios de cerâmicas de tipologia romana. A escavação arqueológica de emergência aí realizada veio a revelar a existência de pisos pavimentados com mosaicos de tipo geométrico, colocando, desde logo, a hipótese de se tratar de uma villa romana.

Neste sentido, a aquisição do terreno por parte da Câmara Municipal de Felgueiras possibilitou o desenvolvimento em área da sua escavação, tendo sido elaborado um projeto de divulgação e musealização in situ que foi objeto de candidatura ao Sub-Programa C do Pronorte. 

As escavações arqueológicas realizadas a partir de 1997 revelaram a existência de uma grande Villa Romana com compartimentos pavimentados a mosaico de tipo geométrico.
Esta grande casa agrícola terá sido começada a construir na 2ª metade do Séc. I d.C., tendo sido ocupada até meados do Séc. V, já em época Cristã, como nos comprova um tijolo onde aparece gravado o signo de Salomão.
Junto às ruínas, existia uma casa rural do Séc. XIX que foi restaurada para o funcionamento do Centro de Interpretação e do Gabinete de Arqueologia da Câmara Municipal de Felgueiras em fase de instalação. 

O espólio exumado nas escavações arqueológicas é muito variado, sendo constituído por milhares de fragmentos de cerâmicas de utilização comum na cozinha e na mesa, cerâmicas de luxo, vidros, metais e moedas de bronze. Alguns potes, pratos, vasos e taças, após cuidado restauro, farão parte do acervo museológico que será exposto no Centro de Interpretação que dá apoio às ruínas.

Localização
Lugar do Agrelo
4610-731 Sendim FLG
GPS: 41º23'08.17''N | 8º11'00.57''W

Contatos
Telefone: 255 312 636
Fax: 255 318 177
E-mail: villaromana.sendim@cm-felgueiras.pt

Casa da Cultura Leonardo Coimbra

Casa da Cultura Leonardo Coimbra com pólo da Biblioteca e espaço de exposições

As comemorações do décimo aniversário da elevação da Lixa à categoria de cidade, promovidas pela Câmara Municipal de Felgueiras e que tiveram lugar no passado dia 18 de Junho, ficaram marcadas pela inauguração do pólo da Biblioteca Municipal e do espaço de exposições, na Casa da Cultura da Lixa.

Aos poucos, a Casa da Cultura lixense, localizada no antigo quartel dos bombeiros locais, está a ganhar forma. Depois de lá ter sido implantada uma escola pré-primária e de já estar a funcionar o Gabinete de Atendimento ao Munícipe - cuja Tesouraria entrou em funcionamento recentemente -, desta feita foi inaugurado o espaço de exposições e o pólo da biblioteca, estando em fase de execução a obra destinada à construção de um auditório.

O espaço inaugurado, com cerca de 200 metros quadrados, absorveu um investimento da edilidade felgueirense de cerca de 200 mil euros e fica situado no piso superior do edifício, cujo acesso pode também ser feito através de elevador. No que respeita ao pólo da biblioteca, dispõe de cinco mil livros, três computadores ligados à Internet e funciona em horário idêntico à Biblioteca de Felgueiras. A zona de exposições é bastante ampla, albergando uma mostra permanente sobre Leonardo Coimbra, idêntica à que faz itinerância pelo país e por alguns países da Europa, bem como outras exposições temporárias.

Localização
Casa da Cultura Leonardo Coimbra
Avenida Dr. Leonardo Coimbra
4615 - 651 Lixa

Contatos
Tel. 255 318 922
GPS: 41º19'27.94''N | 8º08'44.10''W

Biblioteca Municipal - Polo de Idães

Em Janeiro de 1996 abriu o Pólo de Idães e em Novembro de 1997 lançou-se a Biblioteca Itinerante, que circula por todas as freguesias e escolas do concelho.

A leitura é um direito Universal necessário para o crescimento do indivíduo e para a sua participação ativa na sociedade, a Biblioteca Municipal de Felgueiras tem em funcionamento uma extensão na Vila de Barrosas o Pólo de Idães com um fundo de cerca de 4000 livros e está disponível o serviço da Biblioteca Itinerante com um fundo de cerca de 3000 livros , a Biblioteca Municipal ainda prevê a curto prazo uma outra extensão na cidade da Lixa.

De uma forma programada têm sido realizadas atividades de animação e sensibilização por esta Biblioteca para a obtenção dos seus objetivos: realização da Hora do Conto para os mais pequenos, circulação pelas escolas do concelho e estabelecimento prisional de malas com fundos bibliográficos adequados aos grupos mencionados, visionamento de filmes de acordo com os diferentes grupos etários, encontros com escritores, exposições sobre os mais variados assuntos assim como de autores locais e nacionais, colóquios, conferências, seminários sobre temas da atualidade e da região.

Tendo como base a democratização da sociedade de informação, pretendendo satisfazer as necessidades de todos os interessados, a Biblioteca Municipal de Felgueiras tem um leque diversificado de serviços e eventos:
Leitura em presença, empréstimo, serviço de audiovisuais, difusão ativa de informação, referência e apoio à pesquisa, acesso à Internet, consulta de CD Roms, animação e promoção da leitura, consulta do arquivo municipal de Felgueiras, informação à comunidade, centro virtual de informação nacional e europeia, atividades culturais diversificadas: encontro com escritores, conferências, teatro, exposições, música...

Localização
Junta de Freguesia de Idães
Largo do Bom Jesus
4650-124 Idães

Contactos
Tel. 255 926 254
GPS: 41º19'35.26''N | 8º16'17.35''W 

Horário
2ª feira: 13.30 – 17.30
3ª. e 6ª feira: 9.00-12.00 / 13.30 – 17.30
5ª feira: 13.30 – 17.30
Sábado: 14.30 – 17.30

Casa das Artes

A Casa das Artes abriu ao público no dia 30 de Setembro de 2011, homenageando na cerimónia de inauguração Eunice Muñoz e Ruy de Carvalho, que estiveram presentes para apadrinhar o espaço.

O edifício resulta da recuperação do antigo teatro Fonseca Moreira, situado no centro da cidade, na Avenida Magalhães Lemos, num investimento de cerca de 4 milhões de euros. O projeto de recuperação é da autoria do arquiteto Filipe Oliveira Dias e contou com a criatividade do pintor José Emídio na decoração do teto da sala de espetáculos.

O Teatro Fonseca Moreira foi inaugurado em 1920 e teve períodos de grande dinamismo. Depois entrou em declínio e acabou por encerrar, mantendo-se fechado durante vários anos.

A promoção da vida cultural e artística em Felgueiras tem sido uma das prioridades da autarquia. A Câmara adquiriu em 1997 o edifício do Teatro Fonseca Moreira, a mais famosa casa de espetáculos do concelho, passa que possa ser revitalizado e recuperado. O Teatro foi inaugurado na segunda década do séc. XXI e durante décadas preencheu intensamente a vida cultural e social dos felgueirenses.

A Câmara Municipal de Felgueiras pretende voltar a fazer desse marco da história cultural concelhia um espaço dinâmico, onde a arte e o espectáculo possam estar mais perto da população, voltando a ser o pólo cultural que em tempos foi.

O equipamento da Casa das Artes é composto pela sala de espectáculos, com 264 lugares disponíveis de plateia e balcão, pela zona de exposições e pelo café-concerto, com capacidade para 200 pessoas, uma infra-estrutura construída de raiz.
É, neste momento, um espaço dinâmico, com um programa cultural do qual fazem parte o teatro, diversas artes performativas, ciclos de cinema e espectáculos musicais, aproximando novamente a arte e o espectáculo da população de Felgueiras.

Turismo de Negócios
Auditório: 402 Lug.

Localização
Avenida Magalhães Lemos
Margaride - Felgueiras
GPS: 41º22'03.92''N | 8º11'52.75''W 

Contatos
Tel. 255 318 071
www.casadasartesdefelgueiras.com

Casa do Risco

A Casa do Risco de Felgueiras é um projeto criado pela Câmara Municipal de Felgueiras com o objetivo de proteger e valorizar o Bordado e as Bordadeiras do Vale do Sousa.
A Casa do Risco de Felgueiras está integrada na Divisão de Cultura e Turismo do Departamento de Educação e Sociocultural da Câmara Municipal de Felgueiras.

Missão
A Casa do Risco de Felgueiras tem como missão a promoção, produção e restauro do Bordado Terra de Sousa e a proteção e valorização das bordadeiras, contribuindo para a consolidação do artesanato como factor de empreendedorismo e impulsionador do desenvolvimento económico da região.

Objetivos
Promover o Bordado e a sua comercialização através de instrumentos de divulgação do produto certificado;
Dignificar o trabalho das bordadeiras através da valorização e qualificação do bordado realizado;
Fomentar a Formação/qualificação que conduza à autonomização das bordadeiras;
Recolher os pontos e desenhos tradicionais do Bordado Terra de Sousa;
Preservar peças antigas que integram o património local através do restauro de tecido e bordado;
Garantir a autenticidade do “Bordado da Terra de Sousa”;
Contribuir para o desenvolvimento económico, social e cultural do concelho de Felgueiras por via da preservação e valorização de uma das suas potencialidades;
Aproveitando o período de férias escolares de Verão, a Câmara Municipal de Felgueiras, através da "Casa do Risco", organiza anualmente um Atelier de bordado para jovens, dando-lhes a conhecer as ténicas de iniciação ao bordado artesanal. Esta atividade é dirigida aos jovens de idades compreendidas entre os 6 e os 16 anos.

Serviços à disposição na Casa do Risco:
- Serviço de Produção, Restauro e Venda;
- Serviço de lavagem e passar a ferro, de Bordados da Terra de Sousa;
- Serviço de Design e Riscagem;
- Serviço de Promoção e Divulgação;
- Gabinete de Apoio à Bordadeira (Gratuito);
- Centro de Documentação do Bordado (Gratuito).

Localização
Avenida da Liberdade nº 1285 - Airães
Felgueiras

GPS: 41º18'57'' N | 8º11'41'' W

Contactos
Tel. 255 488 812
Fax. 255 488 811
Email: casadorisco@casadorisco.pt | casadorisco@cm-felgueiras.pt

Horário de atendimento
segunda-feira a sábado, das 9h00/12h30 e 14h00/17h30

endereço para mais informações

Museu Casa do Assento

Trata-se de um Museu Etnográfico, estruturado em ciclos de atividades rurais (nomeadamente, do pão, linho, vinho e azeite), possuindo ainda um pequeno núcleo de trajes e arte sacra.

Diz-se que a Casa do Assento começou por ser residência paroquial, e que aí se efetuava o assento de baptizados, casamentos e óbitos, daí o seu nome. Mais tarde é adquirida pela família Ferreira Leite. O espaço da casa destinado ao Museu é oficialmente inaugurado em 15 de Agosto de 1993, pelo seu proprietário, o Sr. Américo Ferreira Leite. Aquando da sua morte, Fevereiro de 2001, deixa como legado à Câmara Municipal de Felgueiras a Casa do Assento e o seu recheio, designadamente o recheio que constitui o Museu, deixando no entanto o seu usufruto a familiares. Em Maio de 2002, a Câmara Municipal de Felgueiras, adquire o usufruto da Casa do Assento aos herdeiros e, em Outubro de 2002, dá inicio aos trabalhos de reorganização e reestruturação daquele espaço.

Localização
Lugar do Assento - Friande
GPS: 41º21'57.07''N | 8º10'21.80''W

Contactos
Telefone: 255 922 271
Email: museucasadoassento@sapo.pt

Observações
Atualmente é possível efetuar visitas ao Museu, mediante marcação prévia. No entanto, o edifício carece de uma intervenção arquitetónica, de modo a ajustá-lo às exigências do projeto museológico. Em simultâneo, está a efetuar-se o tratamento técnico das peças, com o apoio de técnicos especializados, nomeadamente na área da conservação de materiais.
Em 2004, o Museu avança com a primeira iniciativa voltada para o exterior através do projecto “A Escola vai ao Museu”.

Aluno EPA – Escola Profissional de Arqueologia – Curso de Assistente de Conservação do Património Cultural

Projecto “A Escola vai ao Museu”:
Trata-se da primeira iniciativa desta instituição municipal voltada para o exterior, a efetuar durante o ano letivo 2003-2004. Consiste na visita dos alunos e respetivos professores ao setor educativo do Museu, onde, através de jogos didáticos, fichas de exploração e diapositivos, serão apresentadas as etapas do ciclo do pão. Seguidamente, os alunos são convidados a assistir e participar na feitura do pão, que será cozido num forno tradicional a lenha.

DESTINATÁRIOS: 1º Ciclo – 4º Ano
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS: Estudo do Meio – bloco 6 – “À descoberta das inter-relações entre a natureza e a sociedade”.

OBJETIVOS
• Dar a conhecer aos mais novos atividades artesanais ligadas ao mundo rural, que se encontram em vias de desaparecer, e que fazem parte da identidade do concelho;
• Aproximar as crianças dos espaços museológicos;
• Chegar a um público mais alargado através dos mais jovens.

CALENDARIZAÇÃO
O Museu enviará a cada Escola a proposta de calendarização da visita.
PRÓXIMOS ANOS LETIVOS
Nos próximos anos letivos o Museu pretende alargar a sua oferta pedagógica, introduzindo novas pastas (linho e vinho) e uma maior diversidade de atividades a realizar no espaço da Casa do Assento, nomeadamente a criação de um atelier de tecelagem.

www.cm-felgueiras.pt/AQuintadoSousa

Oficina Escola Conservação e Restauro de Documentos Gráficos de Felgueiras

“O Tempo deixa marcas que a memória do homem deve manter vivas.”

A Oficina-Escola de Restauro é um Projeto resultante de um trabalho de parceria entre a Câmara Municipal de Felgueiras, a Ader-Sousa – Associação de Desenvolvimento Rural das Terras de Sousa e a Escola profissional de Felgueiras. Usufruindo de um Quadro de Técnicos Especializados com formação específica avançada na área de restauro de documentos e dotada de instalações e equipamentos modernos e de elevada tecnologia, a Oficina-Escola pretende ser um atelier de trabalho artesanal ao serviço de todos, instituições e particulares, interessados na preservação de um património cultural que é de todos.

Oficina – Escola
- Um atelier vocacionado para o restauro de obras de arte documental;
- Uma equipa técnica especializada;
- Um serviço de análise e estudos de recuperação de obras e documentos;
- Uma oferta de serviços nas áreas da conservação, restauro e acomodação de documentos, encadernação manual e decoração de encadernações.

Localização
Edifício Vasco da Gama- Praça Vasco da Gama
4610 Felgueiras

Contactos
Telefone: 255 318 074
E-mail: ofrestauro.docgraficos@cm-felgueiras.pt

Parque de Campismo Rural de Vila Fria

Como complemento turístico e no âmbito da política de desenvolvimento rural e de requalificação da zona envolvente ao Mosteiro de Pombeiro, a Câmara Municipal, através da Adersousa, levou a cabo em Vila Fria, um Parque de Campismo Rural, que para além de ter como referência aquele monumento, aproveita o património cultural existente nas suas imediações, como a ponte e a calçada romanas, que se integram no projeto mais vasto de requalificação de todo este património e zona do concelho.
Com o objetivo de proporcionar aos felgueirenses e a todos os que nos visitam um equipamento público destinado a possibilitar a ocupação dos seus tempos, nomeadamente nos fins de semana e férias, foi criado o Parque de Campismo de Vila Fria/Felgueiras.Este parque de campismo situa-se no lugar da Boavista, em Vila Fria. A sua inauguração oficial foi no dia 8 de Agosto de 1999. Tem capacidade para albergar 30 tendas, possuindo além das infraestruturas básicas, um parque infantil e vários acessos ao rio Vizela. Para a construção deste equipamento, a autarquia contou com comparticipação do programa LEADER I, cujo financiamento permitiu a adaptação do terreno de cinco mil metros quadrados.

No entanto, o parque de Campismo de Vila Fria esta atualmente a ser alvo de um projeto integrado de desenvolvimento turístico, onde se pretende dotar o parque com equipamentos de alojamento, animação e desporto, bem como requalificação de toda a área envolvente.

Integrado como já referido numa zona tradicionalmente rural, o parque consta desde 2000 dos roteiros especializados.

Zona de Tendas e Caravanas – 2 Bungalows T1/T2

Piscina - Polidesportivo – Percursos Pedestres

Localização
Lugar da Boavista - Vila Fria
4610-842 Vila Fria FLG
GPS: 41º23'16.42''N | 8º14'39.09''W

Contatos
Telefone: 255 346403
Fax: 255 318402
Email: pcampfelgueiras@mail.telepac.pt 
http://www.felgueirascamping.pt/ 

Boletim Municipal #9 2016
Cm Felgueiras 2017 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por