Notícias

Câmara Municipal de Felgueiras aprova orçamento de 2017 e Grandes Opções do Plano 2017/2020

02-11-2016

A autarquia de Felgueiras aprovou o orçamento de 48,9 milhões de euros para o próximo ano, no qual se destacam a redução do IMI, o reforço dos apoios sociais e o investimento em obras para o desenvolvimento e crescimento económico do concelho.

Na apresentação dos documentos previsionais, aprovados pela maioria, na última reunião de Câmara, o presidente da Câmara Municipal, Inácio Ribeiro sublinhou que este Orçamento e Grandes Opções do Plano, “explica as linhas estratégicas fundamentais de planeamento e crescimento económico do concelho de Felgueiras, nos próximos anos”.

O documento corresponde ao Plano de Estratégico traçado pelo executivo e que será implementado no âmbito do Quadro Comunitário “Portugal 2020”, bem como através do financiamento obtido pela autarquia para a execução de obras essenciais para a evolução do concelho.

Este Plano envolve investimentos superiores a 25 milhões de euros. Destaque para as obras de Regeneração Urbana e Mobilidade nos Centros Urbanos (Felgueiras, Lixa, Barrosas e Longra), onde se prevê um investimento superior a 9 milhões de euros.

A Educação, o Património e Recursos Endógenos vão receber investimentos na ordem dos 5 milhões de euros, estando previsto um forte investimento no combate ao abandono escolar e na requalificação de equipamentos educativos e culturais.

Para a Reabilitação da Rede Viária e aquisição de terrenos e equipamentos estão previstos 5,2 milhões de euros.

Uma grande fatia deste plano está reservada para a extensão da rede de água e de saneamento, através da ampliação das redes de abastecimento de água e de saneamento e para a eficiência energética: 5 milhões de euros.

O empreendedorismo e Modernização Administrativa serão alvo de investimentos superior a 1 milhão de euros.

Relativamente ao orçamento de 2017 apresenta um crescimento de 11,7% face a 2016, fixando-se em 48 995 000,00€, onde se destaca o investimento a efetuar em 2017. Este assenta em medidas fundamentais ao crescimento e desenvolvimento do concelho: económica, social e ambiental.

Pode ler-se no documento: “o executivo lançará em 2017 uma política integrada de apoio ao investimento, às empresas e ao empreendedorismo, nomeadamente, com a elaboração do regulamento de apoio ao investidor (RECINVEST), com a criação de protocolos e parcerias com entidades de crédito, instituições ligadas às empresas e ao ensino”.

A área social é muito evidenciada no plano apresentado pelo autarca que sublinha: “As famílias, os mais carenciados e frágeis, os jovens, as instituições e associações continuam a ser a nossa principal preocupação”.

Aos apoios sociais já concedidos em anos anteriores, serão acrescentados, em 2017, entre outros, a redução da taxa do IMI de 0.35 para 0.325, o apoio social ao Bombeiro, o orçamento participativo Jovem.

O ambiente, a sua proteção, a promoção do desenvolvimento sustentável, são também prioridade para a autarquia.

Inácio Ribeiro realçou: “Este Plano e Orçamento está na linha de continuidade da promoção do nosso concelho, em termos de desenvolvimento e crescimento económico, assente na criação das melhores condições de apoio às famílias, às instituições, à juventude, com vista a elevar os níveis de prosperidade e bem-estar que os Felgueirenses bem merecem e para o qual todos concorremos com trabalho e dedicação”.

“O Plano e Orçamento continua a privilegiar as Freguesias como parceiras fundamentais na promoção do crescimento e desenvolvimento do município” e destacou a verba prevista para investir nas freguesias, a qual ascende a 2,1 milhões de euros., referiu o autarca.

Boletim Municipal #10 2017
Cm Felgueiras 2017 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por