Notícias

Câmara Municipal de Felgueiras lembra Barros Moura nas comemorações do 25 de Abril

17-04-2013

A Câmara Municipal vai comemorar o 39.º aniversário do 25 de Abril, através de um conjunto de iniciativas a decorrem durante todo o dia em que se assinala a Revolução dos Cravos.

O momento alto do programa comemorativo acontecerá à noite, pelas 21 horas, na Casa das Artes, com um concerto-tertúlia em que cantará a conhecida Filipa Pais, que interpretará temas da sua autoria, de José Afonso, de Adriano Correia de Oliveira, de Vitorino, de José Mário Branco, de Rui Veloso e de outros cantores de Abril. Neste evento a população mais jovem ficará a saber quem foi José Barros Moura, falecido há 10 anos, que tinha raízes familiares em Felgueiras, e que, a nível nacional, se destacou com um prestigiado político, antes e depois do 25 de Abril. Por exemplo, foi uma das figuras cimeiras na luta pela democracia enquanto dirigente do movimento estudantil em Coimbra, principalmente durante a chamada crise académica de 69, em que pontificaram figuras como, por exemplo, Alberto Martins, Celso Cruzeiro, Osvaldo Castro e Eduardo Maia Costa – hoje figuras públicas da sociedade portuguesa. Depois do 25 de Abril, Barros Moura chegou a ser eurodeputado, deputado à Assembleia da República e presidente da Assembleia Municipal de Felgueiras.

Com efeito, nesta tertúlia-concerto marcará presença Eduardo Maia Costa, atualmente Juiz Conselheiro no Supremo Tribunal de Justiça, que irá dar o seu testemunho sobre o Homem, o Democrata e o Amigo, que foi Barros Moura.

O dia comemorativo começará pelas 9,30 horas, com o hastear das bandeiras junto ao monumento dos Ex-Combatentes, no Largo dos Carvalhinhos. Em simultâneo, decorrerá na Praça da República a atividade física “Movimentos em Liberdade”. De seguida, pelas 11 horas, será celebrada missa, na igreja de Margaride, em homenagem aos soldados mortos na Guerra Colonial; pelas 12 horas, será depositada uma coroa de flores junto ao monumento. Pelas 15 horas, no auditório dos Paços do Concelho, realizar-se-á uma conferência sobre a guerra que vitimou milhares de portugueses em Angola, Moçambique e Guiné, entre 1961 e 1974.

Ainda no âmbito das comemorações do Dia da Liberdade inserida no respetivo programa, subirá ao palco a peça de teatro “Diz-lhes que não falarei nem que me matem”, no próximo sábado, dia 20, pelas 21,30 horas, na Casa das Artes.

 

 

Boletim Municipal #10 2017
Cm Felgueiras 2017 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por