Notícias

Contas de gerência da Câmara revelam um aumento da autonomia financeira atingindo 73,6%

17-05-2017

- Documento demonstra ainda que foram aplicados importantes investimentos infraestruturais e aumentaram os apoios de caráter social, desportivo e cultural

A Assembleia Municipal de Felgueiras aprovou a prestação de contas de gerência de 2016 apresentada pelo Executivo municipal, em que se documenta, entre outros aspetos positivos, que a autonomia financeira da autarquia subiu, em 2016, para 73,6%, não obstante os investimentos infraestruturais aplicados e o aumento dos apoios de caráter social, desportivo e cultural.

O presidente da autarquia, Inácio Ribeiro referiu: “Foi definido o Plano Estratégico de Desenvolvimento, que envolve investimentos superiores a € 25,5 milhões. Através de candidaturas ao Portugal 2020 e do empréstimo aprovado pelo Tribunal de Contas, o município reúne as condições necessárias para investir em projetos e obras, nomeadamente nas áreas da regeneração urbana, eficiência energética, ambiente, rede viária e aquisição de terrenos para o parque verde da cidade”.

Por outro lado, Inácio Ribeiro enaltece: “O ano de 2016 carateriza-se ainda por mais apoios sociais às famílias, destacando-se, por exemplo: o alargamento da atribuição de apoios na aquisição de livros escolares aos estudantes do ensino secundário, a redução para metade dos preços do prolongamento de horário às crianças que frequentam o pré-escolar e, entre outros, o programa de apoio à natalidade”.

Quanto à execução orçamental, o edil destaca o continuado aumento das taxas de execução da receita e da despesa. Diz, a este propósito: “Foi cumprido o equilíbrio orçamental, tendo a poupança corrente atingido o valor aproximado de € 4,1 milhões”.

O documento demonstra ainda que se verificou um aumento em 24% (superior a € 1,1 milhões) das transferências correntes e de capital e dos subsídios atribuídos face a 2015; que o equilíbrio das contas (evidenciado no saldo de gerência) é superior a € 3,8 milhões; que o prazo médio de pagamentos é apenas de 13 dias; e que houve uma substancial redução das principais componentes da dívida municipal (em cerca de € 2,6 milhões relativamente a 2015 e em € 5,3 milhões face ao quadriénio 2013/2016).

O presidente da Câmara conclui: “Desta forma, a excelente situação económica e financeira das contas de 2016 fica perfeitamente evidenciada pelos seguintes indicadores: o município aumentou a sua capacidade de liquidez geral em 33% face a 2015, com uma autonomia financeira acima dos 50%”.

Boletim Municipal #11 2017
Cm Felgueiras 2017 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por