Notícias

ACLEM e Casa das Artes levam até Airães a exposição: Regresso sempre ao lugar onde nunca estive

29-11-2018

ACLEM e Casa das Artes de Felgueiras levam até Airães a exposição: Regresso sempre ao lugar onde nunca estive
Inauguração dia 1 de dezembro às 16h00, na Casa do Risco

A ACLEM e a Casa das Artes levam até à Casa do Risco, em Airães, a exposição itinerante “Regresso sempre ao lugar onde nunca estive”, do pintor José Emídio. A mostra será inaugurada neste espaço no próximo sábado, 1 de dezembro, pelas 16h00, e permanecerá até 31 de dezembro.

Esta é uma exposição composta por 14 trabalhos de dimensões variáveis do pintor responsável pelo teto da Casa das Artes de Felgueiras. Até 14 de fevereiro de 2019, percorrerá vários espaços do concelho de Felgueiras: entre 1 e 31 de dezembro, estará patente na Casa do Risco; entre 5 e 24 de janeiro de 2019, na Biblioteca de Idães; e entre 26 de janeiro e 14 de fevereiro, na Casa da Cultura da Lixa. O Café Concerto da Casa das Artes de Felgueiras foi o primeiro espaço a acolher a exposição, a 9 de novembro (patente até dia 29 de novembro).

As obras podem ser apreciadas no horário de funcionamento dos respetivos espaços. As inaugurações nestes espaços acontecem sempre às 16h00.

O pintor José Emídio
Nascido em Matosinhos no ano de 1956, José Emídio é licenciado em Artes Plásticas pela ESBAP desde em 1981. Foi professor efetivo do Ensino Secundário entre 1979 e 2000 e professor do Ensino Superior, no Curso Superior de Desenho da ESAP, de 1982 a 1997.

Durante dois mandatos, foi Presidente da Direção da Cooperativa de Ensino Superior Artístico do Porto – CESAP. Atualmente, é Presidente do Conselho e Administração da Árvore, Cooperativa de Atividades Artísticas, CRL.

Desde 1976 que desenvolve a atividade de pintor, participando em exposições coletivas e individuais em Portugal e no estrangeiro, tendo realizado a sua primeira exposição individual em Matosinhos no ano de 1982. Ainda enquanto artista plástico, tem participado em diversas publicações literárias, com reprodução de trabalhos seus, na área da ilustração, bem como em conferências e seminários como orador.

José Emídio tem ainda desenvolvido trabalho nas tecnologias da cerâmica, com particular destaque na criação de painéis, bem como na tecnologia do vitral e ainda na obra gráfica, gravura, litografia e serigrafia.

Exposições:
• 2009: “José Emídio, Três Décadas de Pintura”, tendo sido publicado um catálogo com textos e reproduções sobre grande parte do seu trabalho até então.
• 2012: realizou, em Barcelos, na Galeria Municipal, uma exposição individual, “Martim, Rastos da Memória”.
• 2014: realizou, em S. João da Madeira, nos Paços da Cultura e a convite da Câmara Municipal, a sua última exposição individual, integrada nas comemorações dos 30 anos de elevação a cidade.
• 2016: realizou, em Matosinhos, sua cidade natal, na Galeria Municipal, uma exposição com o título “Voltar”, sobre 40 anos de trabalho em pintura. Nesta exposição foi editado um livro sobre o seu trabalho enquanto pintor.
• 2016: realizou, em Madrid, na Galeria Espaço de Arte, Espaço Abierto, uma exposição com o título “Tengo Alas para Volar”.
• 2017: realizou uma exposição individual na Galeria Rui Alberto no Porto.

Boletim Municipal #11 2017
Cm Felgueiras 2018 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por