Notícias

Felgueiras homenageia criador das primeiras escolas publicas do concelho

30-11-2016

018

028

037

044

047

051

057

Custódio Pereira de Carvalho, um importante benemérito, responsável pela realização de importantes obras no concelho de que se destaca a criação das primeiras escolas públicas gratuitas no concelho de Felgueiras foi homenageado na sua terra natal – Santão.

A vereadora da Cultura, Carla Meireles, esteve presente na homenagem ao felgueirense Custódio Pereira de Carvalho (1778-1854), na manhã do passado dia 27 de novembro, na freguesia de Santão, donde era natural esta importante figura do liberalismo português, que contribuiu para a revolução liberal de 1820, marco histórico de Portugal que deu início ao parlamentarismo no nosso país e à aprovação da Constituição de 1822.

A cerimónia contou com a presença da população local, representantes da União de Freguesias de Vila Verde e Santão, e outros. Em representação da Associação Liberato, estiveram Manuel Seixas, João Pinho e Isabel Vargues.

Custódio Pereira de Carvalho manteve uma grande amizade e relação política duradoura com José Liberato Freire de Carvalho, de Coimbra, jornalista com quem comungava causas políticas, tendo-o apoiado para a formação de um jornal em Londres, onde se conheceram. Além das suas causas políticas, Pereira de Carvalho revelou-se um destacado benemérito. Este homem fez fortuna no Brasil e estabeleceu-se em Londres e tornou-se num importante homem de negócios. Foi, sobretudo, um importante benemérito, responsável pela realização de importantes obras no concelho de que se destaca a criação das primeiras escolas públicas gratuitas dos concelhos de Felgueiras, Amarante e Lousada. Em Felgueiras construiu escolas nas freguesias de Caramos, Pedreira, Santão, Varziela e Vila Cova.

Custódio Pereira de Carvalho faleceu a 20 de setembro de 1854 em Londres. Os restos mortais foram transladados para a sua freguesia natal um ano depois.

Refira-se que, em setembro passado, a autarquia realizou uma exposição dedicada a este ilustre felgueirense, na Biblioteca e Arquivo Municipal de Felgueiras.

A mostra está patente na Casa da Cultura da Lixa e disponível para itinerância.

Nesta homenagem a vereadora da Cultura referiu que a exposição, propriedade da autarquia, está disponível para dar a conhecer o trabalho deste benemérito.

Esta homenagem foi promovida pela Comissão Liberato, sedeada em Coimbra e contou com a colaboração da autarquia.

Boletim Municipal #10 2017
Cm Felgueiras 2017 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por