Notícias

Estudantes Felgueirenses visitam casa de Aristides de Sousa Mendes e relembram vítimas do Holocausto

02-11-2016

20161029_112316

20161029_115336

20161029_121925

O presidente de Câmara Municipal de Felgueiras, Inácio Ribeiro e o vereador da Educação, João Sousa, acompanharam uma comitiva constituída por alunos do Agrupamento de Escolas de Airães, o seu diretor, Rui Silva, professora Francina Santos, bem como o diretor da Escola Secundária de Felgueiras na visita à casa onde viveu Aristides de Sousa Mendes, um cônsul português em Bordéus, França, que desafiou ordens expressas do ditador António de Oliveira Salazar (acumulava a função de ministro dos Negócios Estrangeiros), e durante cinco dias concedeu milhares de vistos de entrada em Portugal a refugiados de várias nacionalidades que desejavam fugir da França em 1940.

A deslocação insere-se num projeto do Agrupamento de Escolas de Airães que contempla um conjunto de iniciativas para promover a memória dos milhões de judeus exterminados pelos nazis durante a segunda guerra mundial.

A comitiva foi recebida na Câmara Municipal de Carregal do Sal, pelo seu Presidente, Rogério Mota Abrantes, e pela Vereadora da Cultura, Ana Cristina Borges. O presidente anfitrião sentiu-se honrado pela presença da comitiva e sensibilizado pela dedicação que o Agrupamento de Airães e a autarquia felgueirense têm dado à exaltação da memória de Aristides de Sousa Mendes, incentivando os jovens à divulgação e à preservação da memória do ilustre conterrâneo.

Inácio Ribeiro justificou o envolvimento da autarquia de Felgueiras, pela importância da evocação da memória das vítimas do Holocausto e pelo cultivo dos valores humanos, para que se tornem melhores cidadãos e portadores desta mensagem de paz, que teve em Aristides de Sousa Mendes um verdadeiro exemplo de amor ao próximo, em sacrifício da sua vida pessoal e familiar e que lhe viria a custar a sua carreira e o seu património, por retaliação do Regime.

Luís Fidalgo, membro do CA da Fundação ASM, foi o anfitrião na visita à casa do herói português, em Cabanas de Viriato, que está a ser objeto de obras de beneficiação, depois de longos anos de abandono.

Destacou a capacidade de motivação dos alunos e a perseverança dos representantes do Agrupamento, nomeadamente a docente Francina Santos, e da própria autarquia felgueirense, com a participação sempre ativa do presidente da Câmara e do Vereador da Educação, entre outros parceiros. Disse que já se deslocou várias vezes a Felgueiras e notou sempre uma grande generosidade e autenticidade das pessoas nas iniciativas levadas a cabo neste município, destacando a falada Marcha pela Vida, em 2014, que o deixou muito emocionado.

Recorde-se que, em 2014, realizou-se uma “Marcha pela Vida”, onde milhares de alunos e outras pessoas que se juntaram espontaneamente ao movimento percorreram as ruas da cidade de Felgueiras, descerrando uma lápide que se encontra no jardim da Biblioteca Municipal, na celebração do 70.º aniversário da libertação de Auschwitz.

Estas ações têm como parceiros escolas e entidades de Felgueiras, entre as quais a Câmara Municipal, e engloba intercâmbios com escolas e outras organizações internacionais ligadas à mesma causa.

Boletim Municipal #10 2017
Cm Felgueiras 2017 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por