Notícias

Felgueiras reúne para promover a Concertação da oferta formativa do concelho, Planear e antecipar as qualificações do futuro

12-02-2020

No contexto do Sistema de Antecipação de Necessidades de Qualificações (SANQ), o Município de Felgueiras promoveu um encontro com os Agrupamentos de Escolas, Estabelecimentos de Ensino e Entidades Formativas, Associação Empresarial de Felgueiras, Adersousa e Instituto de Emprego e Formação Profissional.

A concertação da rede de oferta educativa e formação entre os diversos atores locais, com o intuito de identificar oferta que responda às necessidades do município e da região foi o mote desta reunião, que decorreu no dia 30 de janeiro de 2020, nas instalações da Câmara Municipal de Felgueiras.

O estudo regional do SANQ, elaborado pela Comunidade do Tâmega e Sousa, constituiu uma ferramenta de diagnóstico e de planeamento que tem como objetivos identificar as necessidades territoriais de qualificação e a relevância das diferentes saídas profissionais, de forma a apoiar o planeamento da Rede de Oferta Formativa.

O resultado do estudo coloca o município de Felgueiras numa posição bastante animadora no que concerne a oportunidades na diversificação da oferta formativa.

No município de Felgueiras, 48,48% dos alunos do ensino secundário frequentam o ensino profissional, convergindo para a meta prevista pela União Europeia e pelo Ministério da Educação e Ciência de alcançar 50% dos alunos no ensino profissional.

Felgueiras permanece o município onde há um maior número de empresas da região do Tâmega e Sousa, sendo que 70,70% do valor acrescentado bruto do território de Felgueiras provém do setor da indústria transformadora (INE 2018).

Apresenta, ainda, áreas de interesse e com potencial crescimento no setor primário, dadas as características do território, nomeadamente ao nível da fileira agroalimentar (vinhos, produção agrícola). Outro dado interessante está relacionado com o facto de Felgueiras reunir o maior número de empresas de setores estratégicas, nomeadamente das áreas da construção, metalomecânica, mobiliário, fileira da moda, fileira do vinho e ainda do turismo, sendo a sua maioria ligada ao setor do calçado.

Foi consensual que é fundamental um novo olhar sobre o território, antecipando as necessidades do mercado de trabalho (novas qualificações relevantes), salientando-se a importância de promover encontros de debate e reflexão sobre as condições chave para promover o desenvolvimento local, o sucesso escolar e o desenvolvimento económico.

Com este trabalho em rede, pretende-se consolidar uma estratégia para a coesão social e territorial, numa metodologia participativa de todos os intervenientes com responsabilidades nesta matéria.

Atualidade 01/2018
Cm Felgueiras 2020 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por