Notícias

Repavimentação dos arruamentos envolventes à Villa Romana de Sendim

03-07-2019

Repavimentação dos arruamentos envolventes à Villa Romana de Sendim - ruas da igreja, vila romana e esporão

Decorrem as obras de requalificação dos arruamentos da Rua da Igreja, Rua do Esporão e Rua da Vila Romana, em Sendim, promovida pela Câmara Municipal de Felgueiras, uma empreitada que contempla um conjunto de ações com vista a valorizar esta área da freguesia.
Com esta intervenção pretende-se proporcionar melhores condições de vida e mobilidade à população.
A empreitada, que envolve um investimento superior a 120 mil euros, consiste na implementação de infraestruturas (saneamento, águas pluviais e rede pública de água), na repavimentação da via em cubo, e pretende trazer melhores condições de vida e de mobilidade à população local.

Tendo em atenção os vestígios históricos existentes naquela área, a obra envolve vários trabalhos arqueológicos.
Sendim tem revelado ao longo das últimas décadas um importante conjunto de vestígios arqueológicos que atesta a importância desta freguesia desde a Idade do Ferro até a Idade Moderna e Contemporânea.
Nos trabalhos arqueológicos de acompanhamento desta obra, confirmou-se mais uma vez a relevância dos dados que ainda se preservam no subsolo, tendo sido identificados inúmeros vestígios, enquadráveis em quatro grandes fases distintas e bem individualizáveis de ocupação humana desta zona da freguesia de Sendim: Época Romana, Idade Média, Época Moderna e Contemporânea.
Do vasto conjunto de vestígios arqueológicos identificados, são de destacar uma significativa área da domus da villa, que ainda se preservava sobre o pavimento atual da via, um caminho/barroco lajeado de época Moderna que dava acesso a Igreja de Santiago e duas sepulturas antropomórficas nas imediações do templo atual.

Apesar de ainda se estar numa fase muito incipiente da investigação arqueológica, o local onde foram identificadas as duas sepulturas, parece fazer parte da necrópole medieval coeva ao antigo templo de Sendim, e do qual não existe qualquer vestígio. A atual igreja de traça moderna possui um adro bastante mais elevado relativamente as duas sepulturas agora identificadas, pelo que será plausível que o adro do antigo templo medieval possuiria uma morfologia distinta do atual.

Ainda que bastante afetada por intervenções muito recentes esta área apresenta, de facto, um elevado interesse arqueológico e histórico, de extrema relevância para Sendim e para o concelho.

Esta importante intervenção arqueológica realizada levou à conservação pelo registo de algumas das realidades identificadas e pela preservação total de outras, como foi o caso da totalidade dos vestígios arqueológicos de época romana.

A indicação da continuidade e extrema relevância de alguns contextos de período medieval e moderno, a necrópole e a sua articulação com o templo atual, levam a que os Serviços do Património Cultural desta autarquia procedam a novas escavações arqueológicas, que decorreram nos próximos meses nas imediações da Igreja de Santiago.

Atualidade 02/2020
Cm Felgueiras 2020 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por